20 de ago de 2009

Em Nova York


Artistas se preparam para o 25º Brazilian Day
Regina Casé será a grande comandante da 25ª edição do Brazilian Day, evento que pretende reunir cerca de 1,5 milhão de pessoas na Rua 46, conhecida como Rua dos Brasileiros, em Nova York, no dia 6 de setembro.


Carlinhos Brown fará a abertura do evento, levando à terra do Tio Sam a lavagem, bem aos moldes da tradicional Lavagem do Bonfim, na Bahia.

“A lavagem será no sábado (5), na véspera dos shows. Quando fui convidado, pedi um tempo para pensar em como poderia amadurecer essa ideia na América. E decidi então criar o apple spirit. A lavagem tem sempre uma conotação espiritual. A gente lava para reforçar os laços, abrir caminhos etc. Vamos, então, colocar uma grande maçã. Ela será o santo que vai conduzir tudo. Terá um grupo feminino de percussão, vamos fazer um concerto”, explicou Brown.

O percussionista criou até um “aquecimento” para a lavagem, em referência ao presidente dos Estados Unidos.


“Dá a vassoura pro Obama
Ele tem cara... de zelador!
Dá a vassoura... (uh!) pro doutor”!


Alcione começa a noite de shows, no domingo (6), cantando o Hino Nacional à capela.

“Hoje é que caiu minha ficha: meu recorde de público foi de 500 mil pessoas, quando o Papa veio ao Maranhão. Agora serão 1,5 milhão! São mais de dez Sapucaí! Seremos a ponte da saudade e da alegria”, disse Alcione.

Victor e Léo participarão pela primeira vez do evento. Na empolgação, Victor cometeu uma gafe das boas.

“Estamos chegando agora, vocês estão na estrada há tempos Peço licença para chamar essa pessoa tão especial pelo apelido, vai ser uma honra cantar no mesmo palco que a Bombom”, disse Victor.

"É Marrom”, retrucaram Elba Ramalho, Arlindo Cruz e Carlinhos Brown, quase em uníssono, pois a cantora em questão era Alcione.

“É que ela é tão gostosa, que confundi”, devolveu Victor, sem graça.

O grande diferencial do programa deste ano será o tom de documentário. Regina Casé chegará aos Estados Unidos dia 30 próximo, para gravar depoimentos de brasileiros que moram nos Estados Unidos, que contam suas histórias e falam dos ídolos. E serão esses ídolos que estarão no palco.


“Nós já temos as pessoas escolhidas, agora vamos gravar os depoimentos. Vai valer de tudo; a emoção será a principal ferramenta”, disse Casé a O Fuxico.


A Globo exibirá um especial do Brazilian Day no dia 13 de setembro, logo após o No Limite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fcvictoreleoduasenergias agradece desde já a sua participação.
Uma ótima semana para você.