3 de mai de 2009

Victor e Leo


_________________________________________
UM MILHÃO DE DISCOS
Ocupando 3 posições entre os 5 produtos fonográficos mais vendidos, nas duas categorias(DVD e CD), Victor & Leo acabam de completar 1 MILHÃO de discos vendidos pela SONY. Um marco na carreira da dupla diante dos tempos atuais:

Segundo a Associação Brasileira dos Produtores de Discos, a lista de CDs mais vendidos em 2008 no Brasil é:

1-Padre Fábio de Mello, por "Vida", da Som Livre
2-Padre Marcelo Rossi, por "Paz Sim, Violência Não", da Sony Music
3-Victor & Leo, por "Borboletas", da Sony Music
4-Victor & Leo, por "Ao Vivo em Uberlândia", da Sony Music
5-Ivete Sangalo, por "Multishow ao Vivo no Maracanã", da Universal Music

- Segue a lista de DVDs:

1-Padre Marcelo Rossi, por "Paz Sim, Violência Não", da Sony Music
2-Ivete Sangalo, por "Multishow ao Vivo no Maracanã", da Universal Music
3-Ana Carolina, por "Multishow ao Vivo 'Dois Quartos'", da Sony Music
4-Marisa Monte, por "Infinito ao Meu Redor" (duplo) , da EMI Music
5-Victor & Léo, por "Ao Vivo em Uberlândia", da Sony Music

Segue a classificação de vendas dos trabalhos de Victor & Leo segundo a SONY:

- (CD Victor & Leo AO VIVO) - Disco de PLATINA

- (CD Victor & Leo AO VIVO EM UBERLÂNDIA) - Disco de PLATINA DUPLO

- (CD BORBOLETAS) - Disco de PLATINA DUPLO

- (DVD Victor & Leo AO VIVO EM UBERLÂNDIA) - DVD de PLATINA DUPLO
____________________________________________

MEDO OU AMOR?
Assim como dois caminhos não podem ser seguidos ao mesmo tempo por uma única pessoa, duas escolhas sobre um mesmo tema não podem ser feitas.
Aquele que vai à guerra por sentir-se cumprindo seu dever patriota, não pode, ao mesmo tempo, ficar ao lado da esposa e de sua família.
Quem escolhe continuar, não pode, simultaneamente permanecer. A vida é uma constante troca de uma coisa por outra e é importante aceitar isso.
Quando o caminho bifurca e o destino faz uma pergunta, qual a melhor escolha?
Em qualquer espaço ou tempo, pergunte-se: “O que o amor faria?”
A resposta a esta pergunta poderá tirar-lhe do ardor de diversas consequências advindas de uma escolha mal feita. O amor cabe em qualquer lugar e hora, permanecendo como a mais acertada forma de ser e fazer feliz.
Qualquer outra escolha que não seja por amor, certamente será por medo. Você está se perguntando: “Medo?”.
Se o medo de perder o que nem é seu se chama ciúme, o amor ao direito de simplesmente escolher estar ao lado chama-se liberdade. Se o medo de admitir que você também erra chama-se rancor, a amorosa visão de que ninguém é melhor que ninguém chama-se perdão.
Se formos pensar, tudo o que não nos faz bem são medos disfarçados e tudo o que nos torna melhores e felizes é o amor.
Medo de si mesmo é não gostar-se e aí, é bom saber que você pode reinventar-se a todo momento. Amor por si mesmo é gostar-se e aí, a energia contagiante de fazer com que todos ao seu redor sintam-se atraídos por você, chama-se auto-estima.
O que você tem escolhido? Na hora de viajar, por exemplo, pergunte-se: Estou deixando de ir por medo, estou indo por medo, estou ficando por amor ou estou indo por amor? E lembre-se, amor é algo que só pode existir, quando antes existe por você próprio. Ame-se mais para amar mais. Não ama, apenas acha que ama, aquele que diz que ama mas nem sabe o que é amor próprio.
Medo ou amor? A escolha é sua e cada segundo de sua vida lhe perguntará isso.

(Victor Chaves)

2 comentários:

  1. a poesia em coloquei no meu primeiro não vale!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

O Fcvictoreleoduasenergias agradece desde já a sua participação.
Uma ótima semana para você.